Formatura da primeira turma do projeto Juventude e Oportunidade, no RJ

Alunos do curso de Operador de Computador no Caju/RJ organizam formatura e apresentam trabalho de conclusão sobre sustentabilidade

dsc_0036

Professor Leandro Correa com aluno

O dia 1º de dezembro de 2016 foi uma data histórica para a Fundação Gol de Letra: a formatura da primeira turma do Projeto Juventude e Oportunidade, no bairro do Caju, Rio de Janeiro. Divididos entre os turnos manhã e tarde, 44 alunos do curso profissionalizante de Operador de Computador vão receber o certificado do SENAI e dar mais um passo em direção ao mercado de trabalho.

O projeto final do curso abordou um tema importante e atual: o descarte indevido de lixo eletrônico no meio ambiente. Divididos em grupos, os estudantes pesquisaram os riscos à saúde causados por estes tipos de resíduos, além de soluções para não aumentar a poluição decorrente deste processo de eliminação.

dsc_0019

 Aluna apresenta objetos feitos a partir de lixo eletrônico

A apresentação de cada projeto aconteceu no momento da formatura, através de uma feira de exposição interativa. Criativas e bem informadas, as equipes criaram objetos de decoração, de utilidade doméstica e também de uso pessoal a partir de teclados, placas de vídeo, mouses, monitores e outros componentes eletrônicos. Luminárias e chaveiros fizeram sucesso entre os convidados do evento; porta-retratos, estantes para livros e suportes para utensílios de higiene pessoal também estiveram entre as criações. Uma destinação sustentável e útil para conteúdos nocivos ao meio ambiente e ao ser humano.

dsc_0070

– Luminária criada com teclados de computador

A formatura contou com a participação e discursos da diretora e coordenadores da Gol de Letra, além de uma visita especial de colaboradores da Nissan e Instituto Nissan, que falaram sobre carreiras profissionais e deram orientações vocacionais aos formandos. Flávia Samel, Gerente de Responsabilidade Social do Instituto Nissan, sentiu-se orgulhosa por poder participar da primeira formatura do curso. “O que temos aqui é história. Espero poder ter, daqui a 20 anos, pessoas desta primeira turma vindo falar nas futuras turmas do projeto”. Flávia ainda aproveitou para parabenizar a Fundação Gol de Letra e a comunidade do Caju por todo o empenho em transformar a sociedade.

dsc_0982

 Aluna mostra caixa organizadora produzida com restos de teclado

Para a aluna Clara, o curso foi “uma ótima ferramenta de capacitação para o mercado profissional”. Gabriel Fernandes, outro formando, falou um pouco sobre o conteúdo aprendido em sala de aula: “Aprendi a utilizar diversos programas, como Word, Excel e PowerPoint. Adquiri também noções de contabilidade e aprendi a fazer boas apresentações.” Os alunos também aproveitaram a ocasião para homenagear o professor Leandro Correa que, emocionado, agradeceu com um discurso “que acredita mais nos alunos do que eles próprios, mas eles têm que acreditar mais em si mesmos, porque são capazes”.

dsc_0152

O curso de Operador de Computador faz parte do Projeto Juventude e Oportunidade, realizado pela Fundação Gol de Letra com o apoio do Instituto Nissan. Esta é somente a primeira turma de um programa maior constituído por cursos profissionalizantes, de educação básica e preparação para o ENEM, que atenderá cerca de 1.400 alunos ao longo de 5 anos.

#Nissan #InstitutoNissan #SENAI #FundaçãoGoldeLetra #Educação #FelizdeQuemParticipa

Comments are closed.