Gol de Letra retoma projeto em Guiné-Bissau

Em outubro, junto com parceiros de cooperação, a Gol de Letra embarcou para Guiné-Bissau, na África, com o objetivo de retomar o Projeto “Jovens Lideranças para o Desenvolvimento de Boas Práticas”. Iniciada em 2010, essa experiência internacional ficou  inativa durante o golpe militar ocorrido no país em 2012.

Agora, com o restabelecimento da democracia, decorrente das eleições de abril passado, as conversações entre os governos do Brasil e de Guiné-Bissau para uma nova etapa do projeto puderam ser retomadas.

20141020_Visita Guine Bissau_acervoFGL (20)

Sóstenes Oliveira, diretor geral da Fundação Gol de Letra, e Edgard Arantes, assessor de projetos da Área de Disseminação, participaram de reuniões com ministérios e outros setores do novo governo para apresentação do projeto, definição do novo marco estratégico e apresentação do plano de trabalho para os próximos dois anos.

“Ir à África é sempre uma experiência incrível e o fato de estarmos há 5 anos nesse projeto em Bissau nos aproximou demais do povo guineense, a ponto de – nessa viagem – termos nos emocionado em vários momentos vendo os jovens se manifestarem com alegria pela nossa presença e tendo tido um contato produtivo com o novo Governo Democrático de Guiné-Bissau”.20141020_Visita Guine Bissau_acervoFGL (1)

Participaram dos encontros representantes do Ministério da Educação, Ministério dos Negócios Estrangeiros, Cooperação Internacional e das Comunidades, da Secretaria da Juventude, Cultura e Desporto de Guiné-Bissau, Embaixada Brasileira, Agência Brasileira de Cooperação – ABC (órgão do Ministério das Relações Exteriores do Brasil), Unesco e Secretaria Municipal de Educação de Vitória – ES, representando o Programa Escola Aberta. Durante a visita, também foram realizadas reuniões com Jovens da Associação Amizade da comunidade de São Paulo em Bissau, principal beneficiada com o projeto.

Após o realinhamento do projeto, já está em planejamento uma próxima missão para a inauguração do “Centro Educacional Amizade São Paulo”, com a presença de autoridades dos governos de Guiné-Bissau e do Brasil, UNESCO e todas as instituições parceiras do projeto, além dos membros da comunidade.

20141020_Visita Guine Bissau_acervoFGL (22)

A iniciativa da Gol de Letra em Guiné-Bissau faz parte das ações da Área de Disseminação, que tem como objetivo compartilhar práticas e experiências, levando a metodologia da Fundação para outras comunidades no Brasil e no mundo.

Fotos: Fátima Rodrigues

Generation Amazing: com vista à Copa de 2020, jovens do Catar e região visitam a Gol de Letra

Crianças e jovens da Jordânia, Catar, Paquistão e Nepal estiveram durante o mês de junho na Gol de Letra em São Paulo para um dia de atividades em conjunto com o programa Jogo Aberto*. Ao todo, eram 22 jovens de diferentes culturas e repertórios que, junto com os tutores de cada país, vieram a diferentes organizações brasileiras para conhecer algumas iniciativas de esporte para o desenvolvimento humano.

Intercambio Right to Play_20140624_Vanie (139)(2)“Essa é uma experiência fantástica! Conhecemos projetos semelhantes, diferentes realidades, mas a mesma vontade de usar o esporte em prol de algo bom”, comenta Khadija Kazmi, uma das tutoras do Paquistão e que comentou que na comunidade onde vive “muitas crianças não têm a oportunidade de estudar porque precisam trabalhar desde cedo”.

Também do Paquistão, vem a jovem Usla, de 15 anos e que jogou futebol pela primeira vez na vida no Brasil.  “Em casa, costumo jogar criquet”, diz ela. Talvez por isso, o jogo envolvendo os jovens da Gol de Letra com os da Generation Amazing tenha sido um dos que mais os jovens tentavam pegar a bola com as mãos. Uma reação por instinto, mas nada que tenha atrapalhado o andamento do jogo.

Intercambio Right to Play_20140624_Vanie (47)(2)Antes disso, jovens brasileiros e estrangeiros se juntaram para exercícios de interação e em seguida treino de capoeira, misturando meninos e meninas, de diferentes idades e idiomas.

O Generation Amazing, como se chama esse projeto de intercâmbio, é uma parceria do Comitê de Legado e Entrega da Copa no Catar em 2022 em parceria com a ONG internacional Right to Play. Na primeira parte do projeto, foi oferecida a esse grupo de jovens uma formação com metodologias de esporte para desenvolvimento humano para que eles iniciem um movimento de mudança positiva através do esporte nas suas comunidades. Em seguida, foi oferecida uma experiência internacional, cultural e de troca metodológica com organizações reconhecidas no Brasil e indicadas pela REMS (Rede do Esporte para a Mudança Social), da qual a Gol de Letra faz parte desde o início.

Intercambio Right to Play_Bruna (352)editada(2)

Junto com os jovens, veio ao Brasil toda uma comitiva da Right to Play e do projeto Genaration Amazing, entre eles, o treinador sérvio Bora Milutinovic, que já disputou cinco Copas do mundo com diferentes países e desta vez veio ao Brasil para acompanhar os jovens.

“Bora é um dos apoiadores do grupo e aceitou participar da viagem também como uma maneira de divulgar ainda mais o projeto”, comenta Rosa D’Alessandro, gerente de programas da Generation Amazing.

Segundo ela, “o objetivo final é que os jovens retornem a suas comunidades, usem o conhecimento adquirido para desenvolver projetos esportivos beneficiando outros jovens de uma maneira positiva, utilizando o esporte como ferramenta de transformação em diferentes partes do mundo”, conta.

Intercambio Right to Play_Bruna (277)(2)

Quer contribuir para esse e outros projetos da Gol de Letra? Acesse www.goldeletra.org.br/doe e torne-se um sócio titular da fundação. Com R$30,00 por mês (praticamente R$1 por dia) você pode fazer a diferença na vida de uma criança. Participe!

*O programa Jogo Aberto, da Fundação Gol de Letra, é financiado pela Lei de Incentivo ao Esporte, do Ministério dos Esportes, e tem como objetivo a disseminação de atividades esportivas na região da Vila Albertina.