Dia repleto de atividades movimentam o sábado no Caju/RJ

Setembro foi a vez de mais um Gol de Cidadania no Rio de Janeiro. Realizado desde 2006, o evento acontece duas vezes por ano e oferece um dia inteiro de serviços de assistência social, saúde, cultura, esporte e lazer para toda a comunidade.

 As atividades são realizadas em parceria com instituições públicas e privadas, preocupadas com a qualidade de vida das populações mais vulneráveis e contam com a participação da equipe técnica do projeto, desde o planejamento até a execução.

Seguindo a filosofia da Gol de Letra, um dos  principais objetivos do Gol de Cidadania é estimular os moradores do Caju para a prática de atividades esportivas/físicas, promover a interação social e o exercício da cidadania.

Com esse propósito, o sábado, 13 de setembro, começou bem cedo com uma animada caminhada pelo bairro, que terminou na sede da Gol de Letra, onde dezenas de participantes realizaram uma aula de alongamento.

Comecei de noite com a ginástica que é excelente (Projeto Dois Toques) e hoje é meu primeiro evento e estou adorando. Fiz o alongamento, caminhada, verifiquei minha pressão. Adorei!” - Cristina Fátima Amaral, moradora da comunidade.

“Comecei de noite com a ginástica que é excelente (Projeto Dois Toques) e hoje é meu primeiro evento e estou adorando. Fiz o alongamento, caminhada, verifiquei minha pressão. Adorei!” – Cristina Fátima Amaral, moradora da comunidade.

Em seguida, todas as demais atividades já estavam disponíveis para atender à comunidade. E não faltou coisa pra fazer: escovação dentária, aula de pilates, assessoria jurídica, oficina de samba e serviços de saúde estavam à disposição.

“Muito bom o evento, todo ano participo e não tem comparação. Deveria ocorrer mais vezes ao ano.” – Gutemary, mãe de Amanda e Adrielly dos Santos, atendidas pela Fundação.

“Muito bom o evento, todo ano participo e não tem comparação. Deveria ocorrer mais vezes ao ano.” – Gutemary, mãe de Amanda e Adrielly dos Santos, atendidas pela Fundação.

Um dos momentos mais marcantes foi o festival de futsal e queimado, onde pais e filhos puderam dividir a quadra e jogar lado a lado. A atividade chamou a atenção pela oportunidade de unir a família em uma atividade esportiva conjunta que nem sempre os moradores conseguem realizar, devido à falta de espaços de esporte e lazer na região e à dificuldade de organização. 3

O sucesso do evento pode ser traduzido pela quantidade de participantes, bem como através dos muitos depoimentos positivos colhidos ao longo do dia e da satisfação da equipe com o resultado final.

“O Gol de Cidadania é um momento de interação das famílias atendidas pelos projetos da Fundação Gol de Letra com toda a comunidade do entorno. Sendo nossa contribuição para o exercício da cidadania para além do atendimento direto, propiciando que a partir das atividades e serviços propostos, os cidadãos possam refletir de forma prática sobre o direito à convivência familiar e comunitária, ao esporte e lazer, cultura saúde e assistência social, de uma forma descontraída e bastante produtiva para todos. É muito bom fazer parte de uma equipe que realiza esse projeto. Todos adoraram e foi um ótimo dia”. comentou Crislaine Lima, supervisora social da Fundação Gol de Letra.

A Fundação Gol de Letra agradece a todos as instituições e pessoas que contribuíram para realização desta ação. Afroreagge, CRAS 15 de Maio, Centro Municipal de Saúde Fernando Antonio Braga Lopes, Escritório Cavalcante Ramos, Odontoprev e voluntários que ofereceram serviços diversos e se disponibilizaram em harmonia com nossa equipe.

* Realizado desde 2006, o Gol de Cidadania faz parte Dois Toques, da Fundação Gol de Letra, programa que tem como objetivo promover o desenvolvimento de habilidades pessoais e sociais por meio de atividades educativas, esportivas e culturais para 250 crianças de 7 a 14 anos do bairro do Caju. 

** O Dois Toques é financiado via Lei de Incentivo ao Esporte e tem como principal parceiro o Grupo Segurador BB e MAPFRE.

*** Seja um sócio titular e contribua para transformação de milhares de crianças e jovens da Fundação Gol de Letra. Acesse www.goldeletra.org.br/doe

JOGOS DE INTEGRAÇÃO DO CAJU

Provocar para que crianças e jovens vivenciem o esporte e seus valores sociais para além da prática, ampliando sua cultura lúdica e promovendo a integração por meio de modelos de ação, conduta e diálogo fornecidos pela prática esportiva é um dos principais objetivos do Programa Dois Toques e que tem reflexo direto nos Jogos de Integração do Caju. CAju

Os jogos de Integração visam incentivar escolas e projetos do bairro do Caju a promover o esporte como ferramenta de educação, tanto como exercício de vida coletiva, como ambiente cultural e de direito. O evento tem o poder de mobilizar e integrar centenas de crianças e jovens da região por meio de competições, esporte e lazer, atividades que agitam o ambiente dos alunos durante uma semana.

Em 2014, o evento chegou a sua 8ª edição, mais uma vez contando com a participação de diversas escolas e projetos. A aceitação e importância do evento para o bairro é a comprovação do bom resultado de uma proposta que surgiu há 7 anos e de como a força do esporte pode ser canalizada como instrumento de educação.Cajuu

Comentários de pais e alunos como, “muito legal, deveria acontecer mais vezes” e “arranjei um tempinho pra vir assistir meu filho jogar e foi bem legal”, demonstram como o evento é positivo.

Neste ano foram 5 modalidades escolhidas: atletismo (corrida), basquete, futsal, queimada e taco. Divididos por categorias de idade, os alunos competiram durante uma semana (12 a 15 de agosto), com muito esporte e diversão.cajuuu

Além das atividades esportivas, a 8ª edição contou mais uma vez, em sua cerimônia de encerramento, com a apresentação especial da Equipe de Ginástica Rítmica da Vila Olímpica da Mangueira, um verdadeiro show.

Para o ano que vem esperamos que o esporte como ferramenta educacional esteja ainda mais fortalecido e que o evento se torne ainda mais importante para comunidade do Caju.Cajuuuu

* Os Jogos de Integração do Caju fazem parte do Projeto Dois Toques, que tem como principal financiador o Grupo Segurador BB e MAPFRE, via Lei de Incentivo ao Esporte.

Gostou? Então seja um sócio titular e ajude também na transformação social de milhares de crianças e jovens da Fundação Gol de Letra.

Programa Sócio Titular e Fundação Gol de Letra – Feliz de Quem Participa

 

A importância do Trabalho

Dedicação é fundamental para a realização de sonhos

O que é trabalho? Qual é a sua função? Por que ele existe? Essas são muitas das perguntas que as pessoas se fazem todos os dias. Para algumas delas já possuímos a resposta e para outras, não.

DSCN0017b

O significado da palavra trabalho se mostra muito amplo. No dicionário, é definido como “as atividades realizadas por alguém para alcançar um determinado fim ou propósito. Os mecanismos mentais ou intelectuais utilizados na realização de alguma coisa. Política Econômica: Exercício humano que configura um elemento fundamental na realização de bens e/ou serviços. Política: Reunião dos indivíduos que fazem parte da vida econômica de uma nação. Física: Grandeza obtida a partir da realização de uma força e a extensão percorrida pelo ponto de sua execução em direção a mesma. Medicina: Processo orgânico de recuperação realizado no interior de certos tecidos: trabalho de cicatrização”.

Desde 2010, a Gol de Letra realiza no Rio de Janeiro o projeto Gol de Trabalho. No início, o objetivo, ainda tímido, era o de trazer o sentido do trabalho para a vida dos jovens das comunidades do bairro do Caju. Hoje o projeto é uma oportunidade de fazer com que cada jovem vislumbre um futuro diferente do que muitos achavam que teriam; os horizontes foram ampliados, oportunidades foram abertas e muitos dos sonhos – antes esquecidos no fundo do baú – foram realizados.

20130205_Aula Inaugural_Acervo FGL

Alguns ex-alunos do projeto trabalham na fundação. Outros estão espalhados por este Brasil. Algo que começou tímido ganhou em seus primeiros anos de vida prêmios internacionais, mas tudo ocorreu com muito trabalho e graças a uma equipe focada. Isso é muito legal!

Hoje, dia 1º de maio, é Dia Mundial do Trabalho. Para nós, da Gol de Letra, o trabalho tem um outro significado, mostrando a conquista da dignidade de cada aluno que por aqui passa. Sabemos que tudo que envolve trabalho, esforço, dá certo! Por isso, não paramos e, ao chegarmos na 10ª turma do projeto Gol de Trabalho, podemos dizer que tivemos, sim, muito trabalho e que teremos ainda mais trabalho, já que as nossas conquistas foram baseadas nisso: no trabalho. E para você, que vai ler este texto, lembre-se: não se chega a lugar nenhum sem trabalho.

A Biblioteca do Caju Reabre suas Portas

Única no bairro, biblioteca é reformada e se torna opção de cultura para a comunidade

A Gol de Letra no Rio de Janeiro está em festa! Em março, a fundação ampliou o espaço da sede, localizada no espaço SOS/Rotary Club, no complexo do Caju, e, em seguida, promoveu o evento de abertura da nova Biblioteca Comunitária do bairro.

Única na região, a biblioteca comunitária deve desenvolver ações comunitárias de fomento à leitura, valorização cultural e democratização da informação. O espaço já é considerado fundamental pelas famílias das crianças e jovens, que aproveitam o ambiente para leitura, uso da internet, multimídia, estudo e pesquisas, em um acervo de mais de 3.500 livros. Além disso, ainda há a possibilidade de organizar ações em prol da comunidade, como foi o dia da reabertura.

1381613_655735824462467_584396788_n

O evento contou com a presença da escritora Helenice Ferreira, que prendeu a atenção das crianças da Gol de Letra com uma atividade de contação de histórias. Mais tarde, foi a vez da Trupe do Macaco Prego fazer uma apresentação circense que levantou a criançada. Nesse momento, o público já tinha superado as expectativas, com a presença de diversas escolas da região do Caju que foram chegando ao longo da tarde. Para encerrar com chave de ouro, ainda houve uma apresentação dos próprios alunos da Gol de Letra.

O tom de satisfação e sucesso da reabertura fica ainda mais claro nas palavras de Elizabeth Sampaio, gestora da biblioteca: “Atendeu todas as nossas expectativas, pois vários atores sociais aceitaram o nosso convite feito pessoalmente por mim e pela supervisora social Crislaine em uma caminhada pelo Caju, enchendo a nosso espaço de alegria, interesse e participação. Aproximadamente 120 pessoas participaram das atividades. Foi excelente!”, diz ela.

10001455_655736417795741_565673085_n

Com foco principalmente voltado para projetos de esporte, as atividades de Leitura, Escrita e Informática vêm como fator importantíssimo de complemento das atividades esportivas na Gol de Letra. O objetivo é fechar um ciclo de educação que utilize a ferramenta e poder do esporte com o letramento, dando base literária, cultural e informativa as crianças e jovens atendidos. Nesse ponto, o funcionamento da biblioteca comunitária, tanto no Caju quanto na Vila Albertina, aberta todos os dias para toda comunidade, se torna vital para o sucesso dos projetos desenvolvidos.

É com muito orgulho que, em pouquíssimo tempo, a Biblioteca Comunitária do Caju atingiu mais de 1200 atendimentos, ampliando a quantidade de computadores disponíveis, atualizando o acervo e oferecendo oficinas como a “Poemar” com as histórias da escritora Helenice Ferreira, no Dia Internacional do Livro Infantil.

1504579_655736391129077_922045112_n

Para fazer parte desse time e contribuir para o crescimento das bibliotecas Comunitárias do Caju e Vila Albertina, acesse www.goldeletra.org.br e faça sua doação! Seja um sócio titular da Gol de Letra!

Feliz de Quem Participa!

Parabéns aos formandos da turma 2013/1

Dia 26 de junho, mais um dia especial para Fundação Gol de Letra. Pela sexta vez aconteceu a formatura dos alunos do Projeto Gol de Trabalho, no Rio de Janeiro. Ao todo, 62 jovens formaram-se no curso de Rotinas Administrativas em uma cerimônia repleta de lágrimas, risadas e muitas emoções.

Já pela manhã os funcionários da Gol de Letra organizavam o espaço para cerimônia e para festa. Depois de muito trabalho transformaram a nossa sede em um espaço digno de receber uma formatura da maneira como mereciam os formandos e seus convidados.

A cerimônia começou com a apresentação de cada um dos 62 formandos e seguiu recheada de depoimentos emocionantes, tanto por parte dos alunos, como pelo professor Estevão Nascimento e pela Assistente Social, Priscila Pereira – dois dos principais responsáveis pelo sucesso do projeto. Ambos receberam homenagens e mais uma vez, derramaram lágrimas de felicidade.

Formatura Gol de Trabalho 2013/1

“De acordo com o desenvolvimento e crescimento do projeto, esta turma do 1º semestre de 2013 nos surpreendeu, pois foram observados graves problemas de ordem social e estrutura familiar, que foram superados durante o decorrer do curso e a integração dos jovens ao projeto. Com isso, observamos que cada jovem compreendeu a proposta oferecida pela fundação, e executou dando o seu melhor”, declarou Estevão Nascimento, educador do Projeto Gol de Trabalho.

Jeremie Dron, representante do patrocinador, Societe Generale, Beatriz Pantelão, Diretora Executiva da Gol de Letra e Estevão Nascimento, educador do Projeto Gol de Trabalho

O evento também contou com a presença da empresa patrocinadora e grande responsável pela realização do projeto, Societe Generale, representada por Jeremie Bron. Além dele, também estiveram presentes Beatriz Pantaleão, Diretora da Gol de Letra, Felipe Pítaro, Coordenador de Projetos da Gol de Letra e o Time Nissan Brasil, formado por François Dossá, Sidney Resende e Celso Estrella. Todos tiveram a palavra, declararam seu apoio e desejaram sorte e sucesso aos alunos presentes.

Após o fim da cerimônia, todos foram convidados para a festa, onde aproveitaram um grande jantar e muita música. Alunos, familiares, amigos e funcionários da Fundação interagiram e curtiram os últimos momentos juntos como turma do Projeto Gol de Trabalho.

A Fundação Gol de Letra agradece por todo empenho e determinação que os jovens tiveram ao longo do curso, fator que foi determinante para essa grande conquista, e está de portas abertas para recebê-los novamente.

Felicidades e sucesso!

Dia 02 de agosto se inicia uma nova etapa com a turma do Projeto Gol de Trabalho 2013/2.

Lançamento do Projeto “Caju Esporte e Educação”

Segunda-feira, dia 06 de maio, a Fundação Gol de Letra recebeu em sua sede no Caju,  Rio de Janeiro, o Grupo Segurador | Banco do Brasil e MAPFRE para oficializar o apoio ao projeto Caju Esporte e Educação.

O evento contou com a presença de autoridades e de representantes de ambas as partes. Entre eles, estavam o presidente do grupo, Marcos Eduardo Ferreira e a executiva de Sustentabilidade Fátima Lima, a Diretora da Gol de Letra Beatriz Pantaleão, além do próprio Raí, um dos fundadores da Gol de Letra e hoje presidente do Conselho Curador da Fundação.

“O grande ativo da Gol de Letra é o conhecimento do dia a dia da comunidade, permitindo a criação de um ambiente propício para implementar um projeto como esse. Isso tudo aliado ao apoio do Grupo BB E MAPFRE faz com que os resultados venham ainda mais rápido”, afirmou o ex-jogador.

Marcos Ferreira também destacou a importância dessa união para empresa e abriu as portas do Grupo BB e MAPFRE para novas parcerias em outros programas e projetos da Fundação.

Parte do Programa Dois Toques, o Caju Esporte e Educação é financiado pela Lei de Incentivo ao Esporte, do Ministério do Esporte, e tem como objetivo promover a educação integral a partir do convívio social e de aprendizagens esportivas nas mais diversas modalidades, beneficiando mais 200 crianças, adolescentes e jovens da comunidade.

Raí, Fátima, Marcos e Beatriz com os jovens da Fundação.