Jovens do Projeto Gol pela Igualdade compartilham conhecimentos e experiências

Depois de participarem de treinamento oferecido pelo Manchester City na Inglaterra, chegou a hora de compartilhar o que vivenciaram com outros jovens da Vila Albertina (SP)

Os jovens da Fundação Gol de Letra que participam do Projeto Gol pela Igualdade voltaram da Cúpula Global de Jovens Líderes, realizada pelo programa Cityzens Giving, do clube inglês Manchester City, cheios de novas idéias e histórias pra contar. O evento teve como sede a City Football Academy, em Manchester (Inglaterra), e reuniu mais de 30 jovens de projetos apoiados no mundo inteiro.

Letícia Matos Ferreira, de 19 anos, e Ramon Rodrigues, 18 anos – ao lado da educadora Josiane Espinosa – participaram durante seis dias de uma intensa programação com o objetivo de desenvolver habilidades de liderança, compartilhar aprendizados e experiências sobre o uso do futebol para transformação social, conhecer e respeitar culturas e origens diferentes.

Grandes experiências
“Foi incrível, mudou o meu pensamento sobre tudo. A convivência com pessoas que falam outras línguas, de outras culturas, foi o que mais me chamou atenção. No começo ficamos inseguros por conta disso. Depois começamos a despertar para o nosso potencial e o incentivo dos outros ajudou muito. A partir daí ficou legal, todo mundo vinha falar com a gente, ouvir a nossa opinião e ajudar a gente a se comunicar”, lembrou Letícia.

leticia-matos-ferreira

Foram atividades práticas, teóricas, workshops e dinâmicas, construídas em conjunto com os jovens. Ao final, eles tiveram como desafio montar sozinhos um festival de futebol para as crianças da comunidade local. A proposta levada pelos jovens da Gol de Letra foi o Futebol 3, que foi destaque e muito bem recebido pelo grupo.

“Planejar atividades, seguir a rotina estabelecida e ter segurança para falar em público foram aprendizados muito importantes pra mim. A gente ensinou e aprendeu. Ficamos tímidos no começo, por causa da questão da língua, mas depois, com a orientação dos professores, nos soltamos e aí foi demais! Me aproximei de um educador da Índia que me ajudou bastante a ter mais confiança e atitude. No penúltimo dia eu consegui fazer o projeto com as crianças falando no idioma delas”, conta Ramon.
cupula-de-jovens-lideres_manchester_junho-2016-3Na avaliação da educadora Josiane “a proposta de construir ao longo da semana o líder que cada um gostaria de se tornar foi muito positiva. O principal objetivo foi desenvolver a segurança nos jovens e eles deram todas as ferramentas para isso. Trabalhamos a questão das emoções, o que você pode controlar e o que não pode. Foi uma formação bem humana e não tão técnica e nesse sentido foi muito bom pois a ideia é que eles atuem com crianças, com pessoas”.

O projeto Gol pela Igualdade visa trabalhar a questão de gênero no esporte, incentivando a participação de meninas nas atividades esportivas. Sobre esse aspecto, Letícia observou: “Lá o futebol feminino é valorizado igual ao masculino. E isso vem desde cedo, o pensamento das crianças já foi automático quando falamos que meninos e meninas jogariam juntos”.

O trabalho em grupo e a necessidade de ouvir, considerar opiniões diversas e ponderar foi um ponto de destaque. As dificuldades surgiram e foram superadas com muito aprendizado.
cupula-de-jovens-lideres_manchester_junho-2016-41

Missão a cumprir
De volta ao Brasil, os jovens tiveram uma missão a cumprir: planejar, organizar e executar uma atividade na comunidade onde moram para o Dia Internacional da Juventude (International Youth Day), celebrado em 12 de agosto. Eles escolheram apresentar para meninos e meninas da Vila Albertina (SP) a oficina de Futebol 3. Foram dois grupos, um pela manhã e outro a tarde, com alongamento, momento de definição de regras, jogo de futebol misto e roda de conversa.
???????????????????????????????

 

Projeto Football for Hope integra turmas do Rio e de São Paulo

Adolescentes e jovens trabalharam as diversas possibilidades da prática do futebol através do projeto Football for Hope, que tem o apoio da FIFA

JAeFHope-682

Ao longo dos últimos meses, jovens de 12 a 18 anos da Fundação Gol de Letra participaram de um projeto no qual foram estimulados a pesquisar, dialogar e aprender sobre as mais diversas formas de praticar o futebol ao redor do mundo.

Financiado pela FIFA, o projeto Football for Hope envolveu cerca de 60 participantes dos programas Jogo Aberto e Dois Toques, das unidades da Gol de Letra, em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Nas atividades propostas, os educadores trabalharam com os adolescentes e jovens as possibilidades da prática do futebol em diferentes formatos, estimulando-os a pesquisarem sobre  o tema e depois compartilharem com os colegas o que aprenderam. As descobertas fomentaram diálogos entre os participantes para depois serem colocadas em prática.

JAeFHope-473

20141105_Football for Hope_Ana Mesquita (183)

Um dos formatos que chamou mais a atenção de todos foi uma atividade com bola praticada na Birmânia (Myanmar), conhecido como Chinlone ou Caneball, que mistura esporte e dança. Nesta atividade, não há o foco de ganhar ou perder, pois não há adversários, o jogo é similar ao “Keepie uppie”(embaixadinhas). “Para eles foi bem diferente e isso traz uma riqueza enorme, pois aqui na Gol de Letra trabalhamos muito a diversidade e a inclusão; em tudo que fazemos”, explica Sérgio Andrade, coordenador pedagógico do programa Jogo Aberto.

Segundo Sóstenes Brasileiro de Oliveira, diretor geral da Fundação Gol de Letra, iniciativas como essa da FIFA, aliada aos conceitos de esporte e educação praticados pela Gol de Letra, vão ao encontro da missão da Fundação, que é contribuir para a formação cultural e educacional de crianças e jovens para que eles possam atuar com autonomia na transformação de suas realidades.

Turmas se encontraram durante Festival em São Paulo

Como forma de integração entre as turmas que participaram do projeto, de 4 a 6 de novembro foi realizado na capital paulista o Festival Jogo Aberto Football for Hope.

A programação começou com uma visita monitorada ao Museu do Futebol, que encantou a todos. Em seguida, os participantes ficaram reunidos no Centro de Práticas Esportivas da USP – Cepeusp, onde puderam interagir e trocar experiências sobre as atividades que pesquisaram e desenvolveram ao longo do projeto.

football for hope

“O mais interessante de ter participado foi o aprendizado de modalidades diferentes de futebol e jogos coletivos. Pude ter uma outra visão do que é futebol e viajar para São Paulo foi maravilhoso”, contou Jonathan Viana, jovem do Rio de Janeiro.

O ponto alto do Festival aconteceu no CEU Jaguaré, com a demonstração prática dos trabalhos realizados, a participação em fóruns de debates e a confraternização de encerramento.

O encontro contou com a presença de Raí Oliveira, instituidor da Fundação Gol de Letra, que acompanhou de perto as atividades. “A riqueza desse projeto está no encontro e na troca de aprendizado, que é a base das atividades da Gol de Letra. Duas coisas me chamaram a atenção durante o Festival. A primeira foi integração entre os educadores e os meninos e meninas. E a segunda é que esses jovens tiveram a oportunidade de aprender e vivenciar todo o processo de planejamento, desenvolvimento, pesquisa e apresentação de um projeto cujos resultados foram eles os responsáveis“, avaliou ele.

JAeFHope-56

O resultado da pesquisa feita pelos jovens, a avaliação final do projeto e as fotos e vídeos de todas essas experiências serão divulgados em breve em uma publicação online.

Seja um sócio titular e contribua para transformação de milhares de crianças e jovens da Fundação Gol de Letra. Acesse www.goldeletra.org.br/doe

Fotos: Ana Mesquita

A importância do Trabalho

Dedicação é fundamental para a realização de sonhos

O que é trabalho? Qual é a sua função? Por que ele existe? Essas são muitas das perguntas que as pessoas se fazem todos os dias. Para algumas delas já possuímos a resposta e para outras, não.

DSCN0017b

O significado da palavra trabalho se mostra muito amplo. No dicionário, é definido como “as atividades realizadas por alguém para alcançar um determinado fim ou propósito. Os mecanismos mentais ou intelectuais utilizados na realização de alguma coisa. Política Econômica: Exercício humano que configura um elemento fundamental na realização de bens e/ou serviços. Política: Reunião dos indivíduos que fazem parte da vida econômica de uma nação. Física: Grandeza obtida a partir da realização de uma força e a extensão percorrida pelo ponto de sua execução em direção a mesma. Medicina: Processo orgânico de recuperação realizado no interior de certos tecidos: trabalho de cicatrização”.

Desde 2010, a Gol de Letra realiza no Rio de Janeiro o projeto Gol de Trabalho. No início, o objetivo, ainda tímido, era o de trazer o sentido do trabalho para a vida dos jovens das comunidades do bairro do Caju. Hoje o projeto é uma oportunidade de fazer com que cada jovem vislumbre um futuro diferente do que muitos achavam que teriam; os horizontes foram ampliados, oportunidades foram abertas e muitos dos sonhos – antes esquecidos no fundo do baú – foram realizados.

20130205_Aula Inaugural_Acervo FGL

Alguns ex-alunos do projeto trabalham na fundação. Outros estão espalhados por este Brasil. Algo que começou tímido ganhou em seus primeiros anos de vida prêmios internacionais, mas tudo ocorreu com muito trabalho e graças a uma equipe focada. Isso é muito legal!

Hoje, dia 1º de maio, é Dia Mundial do Trabalho. Para nós, da Gol de Letra, o trabalho tem um outro significado, mostrando a conquista da dignidade de cada aluno que por aqui passa. Sabemos que tudo que envolve trabalho, esforço, dá certo! Por isso, não paramos e, ao chegarmos na 10ª turma do projeto Gol de Trabalho, podemos dizer que tivemos, sim, muito trabalho e que teremos ainda mais trabalho, já que as nossas conquistas foram baseadas nisso: no trabalho. E para você, que vai ler este texto, lembre-se: não se chega a lugar nenhum sem trabalho.

Juventude e a Gol de Letra

A juventude é uma das etapas mais cruciais da vida. É tempo de mudanças, incertezas e decisões. Na Gol de Letra, as oficinas oferecidas a essa faixa etária buscam oferecer informações e subsídios para ajudar os jovens nessa fase tão importante. Assista a mais esse vídeo da série “Nosso Jeito de Fazer” e saiba mais.

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.