Serviço Social: fortalecendo famílias e comunidades

Saiba como a equipe do serviço social da Gol de Letra atua para garantir direitos essenciais nas comunidades em que atua.

É preciso uma aldeia inteira para educar uma criança. Este provérbio africano, muito utilizado para descrever o conceito de educação integral, também reforça a importância da convivência comunitária para o desenvolvimento pleno de crianças, adolescentes e jovens.

Não à toa, o Dia da Família e o Dia do Direito Social dividem a mesma data comemorativa no Brasil. No dia 15 de maio, celebramos a potência dos profissionais que defendem os direitos das famílias, fazendo o intermédio entre elas e serviços de assistência social essenciais.

“É impossível falar em educação integral sem considerar o contexto familiar no qual as crianças e adolescentes estão inseridos. Por isso, atender e acompanhar os familiares é uma frente essencial do nosso trabalho para garantir dupla proteção aos nossos educandos”, afirma Cristiane Fidelis, Analista Social da Fundação Gol de Letra.

Saiba mais sobre como o serviço social da Gol de Letra atua para fortalecer vínculos e potencializar as vozes das famílias nas decisões tomadas em comunidade.

Leia mais: A importância do trabalho em rede para a Fundação Gol de Letra

Sistema de Garantia de Direitos na prática

Antes do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), promulgado, em 1990, as crianças e adolescentes não eram considerados sujeitos de direito. Isto é, não havia uma legislação específica pensada para assegurar medidas preventivas, protetivas e socioeducativas para essa parcela da população.

Uma vez estabelecido o marco legal, a infância passou a ser prioridade absoluta no Brasil. “De modo que as políticas públicas, as bases legais e os direitos sociais passaram a funcionar como uma engrenagem interdependente e intersetorial, a fim de romper com desigualdades estruturais e garantir direitos básicos”, explica Crislaine Lima, Coordenadora do Programa Juventude e Oportunidade (RJ).

Ao promover acesso à educação, à cultura, ao esporte, ao lazer e à formação para o mundo do trabalho, a Gol de Letra também se torna parte desse Sistema de Garantia de Direitos. Sendo assim, assume o compromisso de atuar de maneira integrada com as redes de proteção locais, tanto em São Paulo quanto no Rio de Janeiro.

“Ainda que a gente não consiga responder a todos os desafios, atuamos na prevenção, acompanhamento e encaminhamento de ocorrências que colocam em risco os direitos das famílias que chegam até nós por meio das crianças, adolescentes e jovens atendidos”, conclui Crislaine.

Atendimento social Rio de Janeiro.

Portas abertas: o papel da família na Gol de Letra

Justamente por considerar a família como parte essencial do desenvolvimento das criança, adolescentes e jovens, a Gol de Letra trabalha de portas abertas. Ao longo do dia, a equipe do serviço social fica à disposição para receber os familiares responsáveis pelos participantes e a comunidade de forma geral.

“Quando falamos de famílias em situações de vulnerabilidade, o mais importante para nós é reforçar que elas têm direitos. Então, o nosso papel é fazer uma ponte entre a comunidade e serviços relevantes, ainda que nem todas as pessoas sejam diretamente atendidas pela Gol de Letra”, explica Maíra Almeida, Assistente Social do Programa Jogo Aberto na Vila (SP).

Encontro com as Famílias na Vila Albertina (SP).

Para entender melhor o contexto socioeconômico de cada família, a equipe do serviço social realiza uma entrevista detalhada no momento da matrícula. Todas as informações compartilhadas estão sob sigilo, o que garante um espaço seguro de escuta e acolhimento.

“No primeiro atendimento, perguntamos às famílias como chegaram até nós e o que esperam do projeto. Grande parte delas vêm por recomendação da rede local, sobretudo em casos que envolvem saúde mental. Da mesma forma, também realizamos encaminhamentos quando há necessidade de serviços complementares”, conclui Maíra.

Dia da Família é todo dia

Dia da Família no Bosque Maia, em São Paulo.

Além do atendimento durante a matrícula, as famílias são acompanhadas ao longo de toda a trajetória dos educandos na Gol de Letra. Para manter esse contato sempre próximo, serviço social organiza encontros temáticos e eventos externos para estreitar vínculos e apoiar a comunidade de forma contínua.

Os temas dos encontros são definidos de acordo com as demandas trazidas pelas próprias famílias, crianças e adolescentes. Geralmente, a equipe aborda leis, datas comemorativas e questões sociais latentes a partir de atividades pedagógicas lúdicas.

É o caso do Cine Família, por exemplo, iniciativa que reúne familiares responsáveis e atendidos para refletir coletivamente a partir de filmes e documentários. Ao longo do ano, as unidades também mobilizam ações para o Dia da Família, evento que estimula as famílias a ocuparem as nossas sedes, espaços públicos, abertos e gratuitos.

Dia da Família – Oficina de sustentabilidade no RJ.

“Às vezes as crianças e adolescentes não se sentem confortáveis em trazer questões direto para as famílias. A partir das atividades de integração, permitimos que esse vínculo se fortaleça novamente. Ao facilitar um espaço seguro e acolhedor, estimulamos a voz ativa e o protagonismo de toda a família”, complementa Cristiane Fidelis.

Download Nulled WordPress Themes
Free Download WordPress Themes
Download Best WordPress Themes Free Download
Premium WordPress Themes Download
download udemy paid course for free
download intex firmware
Download Premium WordPress Themes Free
lynda course free download