A importância do trabalho em rede para a Fundação Gol de Letra

Evento “Esporte na Rua” na Avenida Paulista

A Fundação Gol de Letra faz parte da Rede Esporte Pela Mudança Social (REMS) desde sua fundação, no ano de 2007. Sempre acreditamos que o trabalho em rede é uma premissa das organizações sociais, uma vez que os desafios enfrentados são complexos e historicamente contam com atenção inadequada ou ineficiente das políticas públicas.

No ano de 2023, a REMS – que nasceu como um movimento político – passa a ser uma organização formal que promove a produção de conhecimento, fomenta o esporte para o desenvolvimento social por meio de ações práticas, e promove discussões e representação política nas esferas legislativa e executiva no âmbito federal, estadual e municipal. Esta atuação da REMS é muito significativa, pois representa um movimento social amplo, diversificado e que, até o momento, não conta com nenhum órgão formal de representação, como acontece com o esporte de rendimento, o esporte escolar e outras modalidades.

Evento “Esporte na Rua” na Quinta da Boa Vista

O movimento de trabalho em rede sempre existiu na Fundação Gol de Letra. Somos membros de diversas redes e movimentos coletivos, como por exemplo as redes intersetoriais do Caju e da Vila Albertina, territórios de atuação da instituição, fazemos parte da REMIG – Rede Meninas pela Igualdade, somos membros do conselho de representantes do Centro de Referências em Educação Integral, compomos a comunidade de aprendizagem do Futebol para Desenvolvimento e a rede “Não Bata, eduque”, que trabalha pela prevenção de maus tratos às crianças e adolescentes. Compor tantas redes nos permite uma maior amplitude de visão e atuação, além do fortalecimento dos laços institucionais e da disponibilidade de serviços e atendimentos às necessidades de nosso público.

Evento “Esporte na Rua”, na Avenida Paulista

Trabalhar para a causa do esporte, como é o caso da REMS, é um desafio nos dias atuais frente à diversidade de urgências em que país se encontra. São crises na economia, no meio ambiente, na saúde, educação e outras áreas prioritárias que podem relegar o esporte a um segundo plano. Contudo, como vimos durante o distanciamento social necessário por conta da pandemia de Covid 19, a integração social, a saúde física e principalmente mental, a solidão de crianças e adolescentes, por exemplo, são elementos atacados pela prática de atividades físicas, esportivas e de lazer. Esta intervenção ampla deve ser encarada como uma ação intersetorial que precisa ser reconhecida e incentivada como direito, como prática social e cultural e como uma política econômica que gera empregos, mobiliza o mercado e forma pessoas para o mercado em muitas áreas que vão de serviços até a especialização mais refinada.

Evento “Esporte na Rua” na Quinta da Boa Vista

A REMS hoje conta com mais de 160 organizações de todas as regiões do Brasil, o que lhe confere legitimidade e conhecimento do cenário esportivo brasileiro. A Fundação Gol de Letra colabora com a rede de diversas formas, dentre elas com a participação no conselho deliberativo, nos grupos de trabalho e com eventos, como a Semana Internacional do Esporte pelo Desenvolvimento Social, o evento Esporte na Rua e outros que promovem a mobilização nacional e internacional em torno da causa esportiva e com foco no atendimento aos cidadãos mais vulneráveis nas periferias brasileiras.

Premium WordPress Themes Download
Download Premium WordPress Themes Free
Free Download WordPress Themes
Download Premium WordPress Themes Free
udemy course download free
download mobile firmware
Download Best WordPress Themes Free Download
free download udemy course