Gol de Letra começa o ano reforçando capacitação da equipe

A Fundação Gol de Letra iniciou o ano de 2022 com uma agenda recheada para a equipe de colaboradores. Desde a primeira semana após o retorno das férias, em janeiro, os funcionários da instituição vêm recebendo uma série de formações em diversos temas que são caros à nossa causa e nos ajudam a melhorar o atendimento e o acolhimento ao público.

Após uma longa experiência de trabalho remoto, as equipes têm alternado entre encontros presenciais e online, o que por um lado reforça o laço entre os colaboradores e, do outro, permite que as equipes das unidades Rio e São Paulo tenham oportunidade de participar juntas dos encontros formativos.

A primeira formação do ano aconteceu na unidade Caju, Rio de Janeiro, sobre “Atendimento ao Público LGBTQIA+” ministrada por Ariela Nascimento e Agatha Julião, que fazem parte da equipe da Benny Briolly, a primeira Travesti eleita no estado do Rio. Atualmente, ela é vereadora de Niterói e Presidenta da Comissão de Direitos Humanos da casa.

Em seguida, uma formação híbrida para as equipes do Rio e São Paulo tratou de “Estratégias Antirracistas” com orientação da professora Silvia Maeso. Silvia é doutora em Sociologia Política pela Universidade do País Basco, investigadora principal do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra e forma parte da equipa do Núcleo de Estudos sobre Democracia, Cidadania e Direito (DECIDe).

O seu trabalho de investigação e ensino em programas de pós-graduação debruça-se nos âmbitos dos estudos críticos da raça, o (anti-)racismo e o pensamento decolonial, com ênfase na análise da relação entre poder e produção de conhecimento, políticas públicas e discurso sociolegal.

Em fevereiro, foi a vez da equipe paulista ter uma formação presencial sobre “A inclusão do Autista na Sociedade e na Prática Esportiva”, com a psicóloga Isabela Queiroz de Oliveira. Isabela é pós-graduada em Intervenção ABA para Autismo e Deficiência Intelectual e tem formação em práticas pedagógicas inclusivas pela APAE.

Durante o encontro, a equipe sociopedagógica aprendeu como identificar as diferenças dentro do espectro autista, como lidar com elas, o que fazer quando família e colegas não entendem o autismo. Também discutiram sobre como antecipar situações que geram crises, além de compartilhar suas experiências com pessoas autistas que já participam das atividades da Fundação ou no âmbito pessoal.

As formações de equipe são de extrema importância para aprofundar temas transversais à educação integral, principal causa da Fundação Gol de Letra, e essenciais para ampliar o conhecimento dos colaboradores para o melhor acolhimento das crianças, adolescentes e jovens atendidos nas comunidades onde atuamos.

O mês de março dará continuidade aos encontros de capacitação, tratando do tema “Masculinidades” com o assistente social Rafael Fernandes Damasceno, especialista em filosofia política, ética e contemporaneidade, mestre em mudança social e participação política e pesquisador em gênero e sexualidades.

Download Premium WordPress Themes Free
Premium WordPress Themes Download
Download Best WordPress Themes Free Download
Download Premium WordPress Themes Free
udemy course download free
download huawei firmware
Premium WordPress Themes Download
udemy course download free