Projeto Jogo aberto Brasil – uma oportunidade de formação para a liderança esportiva

O mês de agosto foi marcado pelos encontros de avaliação e encerramento das atividades do ano 1 no projeto Jogo Aberto Brasil. O projeto tem como foco a formação de líderes comunitários já atuantes e de jovens multiplicadores que se identificam com o esporte e o lazer. Além das formações, o projeto promoveu uma agenda regular de dias de lazer e um grande festival esportivo em duas cidades: Fortaleza, capital do Ceará, e Parauapebas, no sul do Pará.

Foram 15 meses de execução de muito sucesso. Em Fortaleza foram 5 territórios atendidos, já em Parauapebas o projeto atendeu a um grande território de ocupação recente e ainda em expansão. Um outro resultado muito positivo foi a mobilização de parcerias locais, as equipes do projeto que atuaram nas duas cidades conseguiram agregar parceiros comunitários, da assistência social, da saúde e do esporte, fortalecendo o trabalho em rede e criando relacionamentos que efetivamente podem gerar um legado aos participantes e aos territórios beneficiados.

A Fundação Gol de Letra historicamente vem investindo em projetos de atendimento direto em suas sedes nas cidades de São Paulo e Rio de janeiro. Contudo, há algum tempo a instituição vem experimentando um processo de sistematização de suas práticas para multiplicar as que são efetivas e qualificar as que ainda precisam de ajustes. O projeto Jogo Aberto Brasil é a forma mais recente desta multiplicação. Mas por que não multiplicar as práticas mais comuns da instituição para investir na formação de pessoas e instituições?

A resposta merece uma reflexão mais cuidadosa. Em primeiro lugar é preciso fortalecer ações, organizações e territórios que ousam utilizar o esporte e o lazer como ferramentas de educação, pois a simples oferta de um projeto já configurado pode não levar em conta características locais e, ainda, pode desmobilizar ações que já existam neste locais com estruturas e recursos menores.

Em segundo lugar, há uma carência significativa de formação de qualidade fora das universidades, e em ações comunitárias diretas esta carência é ainda maior. Portanto, multiplicar boas práticas e formar novas ou antigas lideranças é um compromisso de legado e continuidade com os próprios territórios, já que as experiências permanecem por lá mesmo ao final das ações.

Em terceiro lugar, há regiões no país que vêm cada vez mais demandando investimentos e estes acabam por não chegar devido à falta de experiências consideradas seguras para receber os recursos. Formações como as realizadas pelo projeto Jogo Aberto Brasil possibilitam à organização local ter contato com conteúdos, práticas, métodos e ferramentas que ampliam as possibilidades de atrair e receber investimentos, distribuindo os recursos humanos e financeiros de uma maneira mais descentralizada e justa com as regiões que mais tem necessidade de desenvolvimento.

Mesmo sendo um projeto de esporte de participação, o Jogo Aberto Brasil é uma ação que promove a gestão social do esporte e do lazer como efetiva forma de mobilização, de articulação social e política e de construção de propostas amplas e abertas ao público em diferentes idades e condições sociais.

Nas duas cidades foram formados 6 lideranças e 20 jovens multiplicadores, além do atendimento de mais de 1.000 pessoas em eventos regulares de esporte, que contaram com cerca de 8 a 10 parcerias locais, entre orgãos públicos, privados e comunitários.

Mesmo que o ano 1 tenha encontrado desafios de ajustamento às realidades locais, consideramos que este modelo de intervenção é efetivo e impactante pela diversidade de aprendizagens geradas e pela proposta de fortalecimento local, sem dependência, e sem uma proposta de “colonização pedagógica”, pois ainda que o projeto tenha seus parâmetros e princípios de trabalho, as realidades locais foram o ponto focal de trabalho e de formação, o que gera legitimidade às atuações, tanto das lideranças comunitárias e jovens, quanto da própria Fundação Gol de Letra. Vem aí o ano 2, com mais novidades e resultados para compartilhar.

Felipe Pitaro, gerente da Fundação Gol de Letra RJ

Premium WordPress Themes Download
Download Best WordPress Themes Free Download
Download WordPress Themes Free
Download Nulled WordPress Themes
free online course
download intex firmware
Premium WordPress Themes Download
lynda course free download