Sociedade Antirracista: A Gol de Letra como Agente de Transformação

Por Elisiane Vieira –  Analista de programa socieducativo

A atuação da Gol de Letra na construção de uma sociedade antirracista é evidenciada ao considerarmos a evolução histórica da educação no Brasil. Desde os primórdios, o sistema educacional perpetuou estruturas discriminatórias, marginalizando as crianças negras. Mesmo após a abolição da escravidão, em 1888, barreiras persistiram, limitando as oportunidades educacionais para esse grupo.

No século XX, movimentos internacionais pela igualdade de direitos civis ganharam força, porém a educação continuou sendo um campo de batalha, com falta de representatividade no corpo docente e nos currículos escolares. A Lei 10.639/03, de 2003, representou um avanço significativo ao tornar obrigatório o ensino da “História e Cultura Afro-Brasileira”, visando transformar o sistema educacional em um espaço inclusivo e antirracista.

Ao celebrar duas décadas dessa legislação, é crucial reconhecer suas conquistas. A Gol de Letra faz sua parte desempenhando um papel fundamental por meio de atividades que valorizam a identidade afro-brasileira, promovendo a conscientização histórica e cultural, desenvolvendo a autoestima e incentivando a leitura e escrita. A representatividade na literatura infantil tem sido chave para fortalecer a identidade e
autoestima das crianças negras.

Os resultados das nossas aulas, através da avaliação e olhar das/os educadoras/es indicam a necessidade de expandir essas práticas para além das salas de aula, alcançando comunidades e promovendo uma mudança cultural mais ampla.

A Gol de Letra também mantém seu compromisso com a formação de professores, a revisão curricular e a expansão dessas práticas para consolidar uma mudança rigorosa em direção a uma educação antirracista.

Para o futuro, garantimos a continuidade e expansão dessas atividades, bem como o fomento de novas estratégias para aprofundar a compreensão dos impactos a longo prazo, desempenhando um papel crucial na construção de uma sociedade antirracista, transformando a educação em um espaço inclusivo e promovendo o desenvolvimento saudável da identidade das crianças negras.

Referências:
BRASIL. Lei nº 10.639, de 9 de janeiro de 2003. Altera a Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da Rede de Ensino a
obrigatoriedade da temática “História e Cultura Afro-Brasileira”.

Diário Oficial da União, Brasília, DF, 10 jan. 2003.

SAVIANI, Dermeval. Educação brasileira: estrutura e sistema, 10ª ed. Campinas, Autores Associados, 2008.

Download WordPress Themes Free
Premium WordPress Themes Download
Premium WordPress Themes Download
Download Premium WordPress Themes Free
free download udemy paid course
download lenevo firmware
Download WordPress Themes Free
free download udemy course